Um dia para celebrar a CB

CB+ reúne gastronomia, moda, arte e design no Museu de Porto Alegre. Rua da Margem participa com roda de conversa sobre o bairro mais boêmio e cultural da cidade

Evento acontece no pátio do Museu de Porto Alegre, um dos redutos mais aconchegantes da capital do RS (Foto/Divulgação)

Evento acontece no pátio do Museu de Porto Alegre, um dos redutos mais aconchegantes da capital do RS (Foto/Divulgação)

Celebrar e valorizar a Cidade Baixa, bairro que concentra a agitação cultural e boêmia de Porto Alegre, além de guardar boa parte da história da capital gaúcha em seus recantos, ruas, vielas e casas.

Essa é a proposta do CB+, evento gratuito que vai acontecer no domingo, 27/10, no pátio do Museu de Porto Alegre Joaquim José Felizardo, na Rua João Alfredo, 582, com opções de comida, diversão e arte à disposição do público. Rua da Margem participa do encontro na área gramada e cercada de árvores do Museu com uma edição especial da Conversa de Rua, bate-papo sobre a história, o presente e o futuro da Cidade Baixa, com mediação do jornalista Paulo César Teixeira, editor do portal.

Multicultural como a própria região, o CB+ contará com uma Feira de Criadores, reunindo 20 expositores de artes visuais e gráficas, moda e design. Na área de gastronomia, o evento terá a participação de Charlie Brownie, Bike Food Pancho Artesanal Uruguaio e Route 66 Hamburguer. As cervejas artesanais serão oferecidas pelas marcas Macuco e Um Fusca e Meio Beer. Ao longo do dia, acontecerão oficinas de Arte para Crianças, com Paula Lix, do Ideais Multicolores; de Retalhos Visuais, com a designer Lu Trento, da RestoZero; de Carimbos Artesanais, com a artista Yris Tanaka; e de Bordado sobre Fotografia, com Mitti Mendonça.

A trilha sonora estará por conta do DJ Kafu, criador de festas como Baile Brasa, Zelig Dum e Crioulina, com muita música brasileira, pop, rock, black music e o melhor dos anos 1970, 1980 e 1990. As atrações incluem também o espetáculo pocket de teatro Estrela D’Alva – Uma Jornada Clownesca, do Coletivo Das Flor, com atuação da atriz Eveliana Marques Ekin e direção de Luciane Panisson.

O CB+ é uma promoção da Loja Profana e do projeto Pela Cidade Baixa, iniciativas que nasceram e se mantêm nessa área da cidade. A Profana, idealizada por Simone Moro, está instalada há 18 anos num sobrado da Lima e Silva, produzindo peças autorais e garimpando marcas criativas e comprometidas com a sustentabilidade para compor seu mix de moda feminina.

Já o Pela Cidade Baixa teve início em 2016 com o registro de particularidades, detalhes e diversidade da CB em perfis no Instagram e no Facebook. Desde 2018, as imagens captadas com o olhar atento e sensível da jornalista Tatiana Gappmayer, a Tati (idealizadora do projeto), se transformaram em produtos como cartões-postais, capas de cadernetas, adesivos e botons. Para viabilizar o CB+, as promotoras contaram com o apoio de empresas como Odontologia Integrada RS, Imobiliária Bento Azevedo, Loja Sirius, Gota Mágica e Look Finder.

Dono de boa parte do casario da João Alfredo, Sérgio Traunetti, uma das figuras mais benquistas da CB, é um dos convidados da  Conversa de Rua  no Museu (Foto/Marco Nedeff)

Dono de boa parte do casario da João Alfredo, Sérgio Traunetti, uma das figuras mais benquistas da CB, é um dos convidados da Conversa de Rua no Museu (Foto/Marco Nedeff)

Rua da Margem estará presente no CB+ com uma edição especial da Conversa de Rua, debate aberto ao público a partir das quatro horas da tarde, com a participação de Sérgio Traunetti, herdeiro de boa parte das casinhas que abrigam bares e restaurantes na Rua João Alfredo. Figura histórica e benquista do bairro, ele é conhecido como o Barão da João Alfredo, tendo sido testemunha das transformações urbanas da Cidade Baixa ao longo das últimas sete décadas. No bate-papo, Sérgio vai contar histórias do tempo em que o arroio Dilúvio passava por trás das casas da João Alfredo.

Na Conversa de Rua, a arquiteta Luísa Konzen, do Hype Studio e da incorporadora Lugares com Alma, ambas as empresas sediadas na CB e com suas histórias conectadas ao bairro, vai falar sobre a diversidade das construções e do modelo de urbanismo da CB. Ela vai trazer informações também sobre o projeto de reformulação da Rua João Alfredo, que pretende ampliar as calçadas e arborizar a via, além de estimular a interação entre moradores, comerciantes e frequentadores. O ideal é que pedestres, ciclistas e motoristas de automóveis compartilhem o espaço de forma harmônica, sem um agredir o outro, adianta Luísa. Além disso, ela defende um modelo de cidade mais humana, que acolha públicos de diferentes perfis sócio-econômicos.

— De certa forma, a Cidade Baixa tem essa mistura, sempre teve, afirma ela.

Por fim, a Conversa de Rua terá ainda a contribuição de Graciela Mankowski, bartender do Rock'N'Soul, bar localizado na Rua João Alfredo. Natural de Tenente Portela, ela se radicou em Porto Alegre em 2016, depois de viver em Florianópolis e passar pelo interior de São Paulo e Argentina. Atualmente, Graciela mora e trabalha na CB, que curte dia e noite:

— A CB é uma bolha linda em que você pode usar a roupa que bem entender, andar de mãos dadas com a pessoa que quiser, ser diferente do jeito como você é. Aqui me sinto à vontade, conclui ela.

Paulo César Teixeira