Uma carioca da gema no Porto

Sandra de Sá comanda a folia do bloco amigos do Porto na Cidade Baixa

 Cantora e compositora do Rio de Janeiro faz show de uma hora e meia no desfile do bloco do bar Porto Carioca (Fotos/Divulgação)

Cantora e compositora do Rio de Janeiro faz show de uma hora e meia no desfile do bloco do bar Porto Carioca (Fotos/Divulgação)

O carnaval da Cidade Baixa terá uma atração especial com a participação de Sandra de Sá no bloco Amigos do Porto, em 17 de fevereiro, dia do tradicional Enterro dos Ossos.

A festa terá início às três horas da tarde na Travessa Comendador Batista.  A cantora e compositora nascida no subúrbio de Pilares, no Rio de Janeiro, conhecida pelo balanço e o timbre grave e potente da voz, com hits como Solidão e Olhos Coloridos, vai fazer um show de uma hora e meia, em horário ainda a ser definido pela produção do evento.

Criado e organizado pela equipe do bar Porto Carioca, o bloco estreou no carnaval de 2016, quando ocupou um ponto fixo da Rua da República, em frente ao Pão dos Pobres. Neste ano, pela primeira vez, vai desfilar pelo bairro mais boêmio de Porto Alegre, partindo da Travessa Comendador Batista e seguindo pela Rua da República em direção à Rua João Alfredo. O desfile chegará até o Largo Zumbi, local da apoteose e da dispersão, com encerramento marcado para as nove da noite. 

A estimativa é que 5 mil foliões participem do evento.

– O bar está completando sete anos em 2018 e nada melhor do que comemorarmos com um lindo show da Sandra de Sá. É um presente que estamos oferecendo para o nosso público e para toda a galera da Cidade Baixa, diz Joicy Gama, proprietária do Porto Carioca.

Abadá cor de rosa

O bloco terá uma ala vip reservada para quem adquirir o abadá cor de rosa do Amigos do Porto. Esses foliões vão brincar em área próxima ao trio elétrico, recebendo mimos como brownies ofertados pelo Charlie Pub Drinks & CoffeShop. De surpresa, serão também distribuídas na ala vip doses gratuitas da cachaça Benzadeus. 

Os abadás confeccionados na Bahia deverão chegar ao Porto Carioca no dia 14 de fevereiro. Até lá, será possível customizar a roupa com detalhes como lantejoulas e outros enfeites ao gosto do cliente. Depois, serão comercializadas apenas peças de padrão único.

– Os abadás virão com a energia da Ivete Sangalo, do Olodum e dos Filhos de Ghandy, antecipa Joicy.

O custo do abadá é de R$ 45 em dinheiro ou R$ 50 no cartão de crédito. A compra pode ser feita diretamente no Porto Carioca ou através da plataforma de financiamento coletivo da Catarse. No portal da plataforma de crowdfunding, há ainda espaço para empresas interessadas em apoiar a atividade cultural por meio de cotas de patrocínio.

Algumas companhias já garantiram apoio ao Amigos do Porto, como a RDM Fitness Academia e o Íbis Hotel, além do Charlie Pub Drinks & CoffeShop, entre outras.

26172028_1856110797764064_2069516318942896316_o.jpg

ala das paquitas

Além de Sandra de Sá, uma série de outras atrações aguarda os foliões do Amigos do Porto. Entre elas, está o passista Di Trindade, que já desfilou em escolas de samba da capital gaúcha como Bambas da Orgia e União da Vila do IAPI.

Antes e depois do show da cantora carioca, DJs animarão a folia, entre eles, Ricktocadisco, que comanda as pick ups e as controladoras digitais em festas consagradas da cidade, como Alalauó, Cadê TerezaMade in Brazil e Carlotas. Rick dará sequência à folia logo depois da apresentação de Sandra de Sá. Antes do show, quem vai segurar a onda é o DJ Madruga, uma referência na noite de Porto Alegre graças às festas marcadas pelos ritmos latinos, a exemplo de La Cuckaracha e Camaleón. No restante do tempo, o trio elétrico vai garantir o divertimento da moçada.

 Ricktocadisco é um dos DJs que animarão a festa do Amigos do Porto

Ricktocadisco é um dos DJs que animarão a festa do Amigos do Porto

Estão previstas ainda participações especiais, como a das Paquitas, como é conhecido o grupo de rapazes fantasiados com chapéus e saias cor de rosa que homenageia as pupilas de Xuxa Meneghel nos antigos programas de televisão. 

Durante o evento, o público contará com a infraestrutura necessária para que possa se divertir com conforto e segurança, com a presença de ambulância, 20 seguranças privados e dois policiais militares do Corpo de Bombeiros – um deles em cima do carro de som e outro a pé. Além disso, banheiros químicos estarão à disposição dos foliões tanto na Comendador Batista quanto nos locais por onde o bloco passar. Na concentração, serão instalados quiosques para a venda de bebidas e comidas.

o Muso e a Musa do bloco

Os clientes do Porto Carioca serão protagonistas do desfile. Diogo Müller, por exemplo, será o porta-estandarte do Amigos do Porto:

– O meu coração grita de felicidade! É um orgulho fazer parte desta história linda do Porto Carioca, um lugar no qual me sinto em casa e sou sempre bem recebido, exalta Diogo, que trabalha numa ótica da cidade.

 Joicy, do bar Porto Carioca, com Diogo Müller, porta-estandarte 

Joicy, do bar Porto Carioca, com Diogo Müller, porta-estandarte 

Já Athos Souza e Flávia Roberta dos Santos ganharam. respectivamente, as faixas de Muso e Musa do bloco.

– Que honra e quanta responsabilidade, ainda mais tendo a oportunidade de representar e dar visibilidade aos transexuais, diz Athos, gerente da RDM Fitness Academia, na Cidade Baixa. Ele acrescenta: – Sempre adorei o ambiente do bar justamente por atender a todos sem discriminação de qualquer espécie.

Para Flávia, o convite foi uma agradável surpresa:

– Sou pisciana e nasci numa quarta-feira de cinzas, mas desde criança adoro pular carnaval, brinca ela, que trabalha num salão de beleza. 

Por sua vez, a madrinha do bloco será Giulia Löff Buonocore.

De acordo com Joicy, abrir espaço para a participação dos clientes é uma forma de retribuir o carinho e aprofundar os laços de amizade com o público do Porto Carioca.

A equipe de produção do Amigos do Porto conta com Letícia Menegotto na captação de patrocínios, Cláudia Jobim na divulgação e Thiane Ávila nas mídias digitais e artes gráficas. Já Marcelo Neves batizou e criou a logomarca do bloco. A marchinha Amigos do Porto foi composta por Duarte Ribeiro.

O padrinho do Amigos do Porto é o jornalista Renato Dorneles, do Diário Gaúcho e da rádio Gaúcha, com vasto currículo na cobertura de carnavais e também na reportagem policial – é o diretor, ao lado de Tatiana Sager, do premiado documentário Central acerca do Presídio Central de Porto Alegre.

Paulo César Teixeira